sábado, 24 de abril de 2010

O maior amor do mundo...



Força Estranha

Eu vi um menino correndo
eu vi o tempo brincando ao redor
do caminho daquele menino,
eu pus os meus pés no riacho.
E acho que nunca os tirei.
O sol ainda brilha na estrada que eu nunca passei.
Eu vi a mulher preparando outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar para aquela barriga.
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou.
O sol que atravessa essa estrada que nunca passou.
Por isso uma força me leva a cantar,
por isso essa força estranha no ar.
Por isso é que eu canto, não posso parar.
Por isso essa voz tamanha.
( Roberto Carlos )

Sexta, à tarde,um grupo de amigas, vivemos uma história que me reportou a esta música e aos seus personagens: o menino, o tempo, a maternidade, e uma força que move o maior amor do mundo!
Conhecemos uma pessoa incrível, que como todas as mulheres especiais carregam consigo uma carga emocional assustadora! Confessou seus medos, seus planos e dividiu sua esperança. Voltou no tempo e com lágrimas nos olhos, contou-nos a história de um menino, com sua criatividade admirável, conquistando e aconchegando pessoas desde muito cedo, já prenunciando sua futura vocação...falou da saudade do filho, da dificuldade em concretizar no seu microcosmo o macro que arrebatou, não só um , mas seus três únicos meninos, falou de ausência...e como a entendi naquela hora, eu, que tenho os meus longe dos olhos, mas só dos olhos...muito, muito perto do coração!
Na delicadeza do momento, guardadas todas as proporções, de repente, éramos cinco mães falando do mesmo menino, das preocupações com a cidade grande e da inevitável necessidade de nossas crianças saírem de casa, para crescer... e fomos nos unindo, nos enlaçando e quase sem querer curando corações...

E a tal força estranha, a que move, remove, que impulsiona e nos faz continuar apesar de? Mais uma vez pude testemunhar o maior amor do mundo: generoso, que rompe barreiras, que ultrapassa credos, conceitos, culturas, que une pessoas muito diferentes e ao mesmo tempo tão iguais e espalha sementes como quem semeia um campo de flores - o amor de mãe!


( O texto não consegue traduzir toda a minha emoção, desculpem , mas neste caso, uma imagem vale mais que mil palavras!)

Boa noite, um beijo,
Claudia

Imagem da Intenet garimpada pela minha querida amiga-irmã, Patrícia.

7 comentários:

Tays Rocha disse...

SAbe amiga eu olho o Leo crescendo assim tão rápido e num piscar de olhos eu consigo vê-lo já batendo asas e confesso que sinto meu peito apertadinho... mas é a lei da vida, somos todas na realidade a mesma mãe, falando do mesmo filho... E hoje mais do que nunca eu tenho certeza do quanto eu sempre quis a Mariana ;o) À propósito, blog novo (vício) http://gestandosonhos.blogspot.com

Beijos e boa semana.

Denia disse...

"...A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou.
O sol que atravessa essa estrada que nunca passou.... "
NÃO PODE PASSAR ...

Claudinha sei bem do que fala, e percebo a emoção desta visita , já algum tempo esperada.
Parabéns por tanta emoção, parabéns ao coração de todas as mães que lá estiveram, e que , com a visita levaram um alento a esta mãe preocupada, mas ciente da escolha deste filho amado. Vamos orar , e pedir á Deus Pai para que o caminho dele seja sempre iluminado , e que jamais se desprenda da mão do Senhor , o GUIA Maior !!

Bjks, no coração de todas voces, em especial para essa mãe querida, mas que tem, na solidão que possa estar sentindo, a proteção e o olhar de amigos como voce !!
Dênia

Cadernos de Viagem disse...

Querida Tays, fui conhecer o Gestando Sonhos e mais uma vez aprendi com sua inocente sabedoria, que sempre estamos gestando sonhos! O que seria de nós sem esta esperança?
Muito obrigada, fada madrinha, por amar sem medidas com o maior amor do mundo - o amor de mãe!
Um beijo no barrigão
Clau

Cadernos de Viagem disse...

Denia, mais uma vez sua sensibilidade me comove...a milhas e milhas distante, você usa as palavras com maestria, com sua experiência baseada no amor humano, fraterno e me atinge lá no fundinho...você sabe!!!
Agradeço em nome de todas as envolvidas no processo, na certeza de que é só um começo, ainda há muito por vir!
Um beijo neste grande coração.
Claudinha

C. C. disse...

Amiga,contra fatos,não existem argumentos....estou emocionada,principalmente por ter lido hj.Amo vc,de verdade.bjsssssssssss

Cadernos de Viagem disse...

Também te amo de verdade e sou muito feliz por dividir estes pequenos sentimentos com uma pessoa tão sensível e que me aceita como sou, com meus defeitos, meus dengos, às vezes difícil, às vezes irresisivel!!!
Obrigada por me amar como sou - complicada e perfeitinha!
Um beijo

Cadernos de Viagem disse...

Agradeço as visitas, como são importantes para mim!
Deixo um beijo para quem comentar...
C'est la vie...
Beijo